Alice Daniel
Capa Textos Áudios Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Amor antigo

Se insistes em me amar,
não espera que eu te ame com a mesma intensidade.
Não... não é maldade
apenas minha dor ainda é latente
(amor antigo não se esquece de repente)
amor ferido não se espalha como vento.
Se queres minha alma sem lamento
segura com carinho a minha mão
não se acalma um coração tão dolorido
não se sopra como bolha de sabão
se esperas que eu me faça apenas tua
me provoca, me atiça, te insinua
me mostra que a paixão não tem escolha
me enlaça, me abraça, me seduz
assim, conduz liberto o meu corpo
me faz teu mar, teu céu, me faz teu porto
teu suspiro, um sorriso, tua luz.
Enviado por Alice Daniel em 11/03/2006
Comentários